Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Namoro, Noivado e Festa de Casamento

Série: Namoro – parte 8

Já passei dos cinquenta anos, mas me lembro das muitas vezes em que fui daminha nos casamentos da igreja onde nasci, e como me sentia a perfeita noivinha, nas raras oportunidades para eu vestir um longo branco e enfeitar os cabelos com arcos e flores. Eu me casei aos vinte anos, e louvo a Deus pela escolha feliz do marido que ele me deu, meu companheiro de vida por quase quatro décadas!

Nós, garotas, independente da idade, gostamos de festas de casamento. Quando íamos a uma festa na infância, imaginávamos o nosso dia, com a decoração repleta de flores e com o noivo à nossa espera no altar. Mas a verdade é que os anos passam: para muitas este dia ainda não chegou, enquanto para outras esta data pode estar próxima – e se este for o seu caso, me permita oferecer alguns conselhos.

Em primeiro lugar, ao marcar a data da festa de casamento, esteja muito certa da sua escolha (e da escolha divina) do homem de Deus para a sua vida. Assim sendo, só marque a data ao ter convicção do quanto você admira o caráter, a dedicação a Deus e as atitudes cotidianas do homem com quem planeja se casar. Não adianta ter uma festa lindíssima e internamente haver o receio de vivenciar um casamento infeliz.

Preparar uma festa dá trabalho, mas também implica em elaborar um orçamento financeiro bem detalhado. Portanto, sente antecipadamente para discutir as despesas, e não inverta as prioridades: há casais que pensam mais na festa do que na compra dos móveis da casa futura, ou que gastam numa festa o que poderiam investir em uma casa própria!

As economias de um casal precisam ser investidas para o casal. Mesmo quando os pais forem dar a festa, conversem com eles sobre as prioridades do casamento e, consequentemente, revertam o dinheiro a ser gasto na festa para a compra de um imóvel, para a entrada para um imóvel financiado, ou para comprar móveis e ter pelo menos o dinheiro de uns três a seis meses de aluguel antecipados. Afinal, de que adianta dar uma festa linda e se casar com dívidas que vão minar a alegria dos primeiros meses e anos do casamento?

Depois das contas fechadas para a vida conjugal, sobrando dinheiro, iniciem então os preparativos para a Festa de casamento: dentro dos limites orçamentários disponíveis – que podem e devem ser discutidos com os pais e sogros, quando estes forem ajudar na festa. Há casais que passam anos endividados por conta de uma festa, ou que endividam seus pais, e que nem mesmo podem ter uma boa lua de mel ou alguns meses de paz e equilíbrio financeiro no início do casamento.

Lembre-se sempre que, por mais interessante que seja a festa, ela será para a diversão de outras pessoas – muitas das quais irão criticar algumas coisinhas, não importa quão detalhados sejam os preparativos! Portanto, analise bem sua lista de convidados, e chame pessoas que de fato amem você e seu noivo, e que estarão orando e acompanhando com alegria o sucesso de vocês no futuro.

Festas simples podem ser maravilhosas, pois é a felicidade do casal que  que torna a festa feliz e inesquecível, e simplesmente servir um bolo para poucos convidados pode ser muito elegante. Só não abra mão da cerimônia religiosa, de pedirem a benção de Deus e apresentarem a união de vocês a Deus, pois ele será sempre a nossa garantia de felicidade enquanto permanecermos nele.

E se a festa for acontecer, prepare tudo com antecedência, cuide dos muitos detalhes antes do dia, e aproveite a sua festa. Não seja uma noiva neurótica, mais atenta com os salgadinhos da festa do que com o olhar emocionado do seu marido. Os sabores dos alimentos, dos docinhos e do bolo da noiva vão desaparecer, mas os olhares de afeto, e os votos partilhados diante de Deus, precisam permanecer e alimentar o casamento ao longo dos anos!

elaine

 Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Onde está Wally?

Escrito por Elaine Cruz
Onde está Wally?

Nos anos noventa, o ilustrador britânico Martin Handford lançou o personagem Wally para o...

Chuvas de Outono

Escrito por Elaine Cruz
Chuvas de Outono

O outono é a estação em que a terra se refresca do verão. As temperaturas ficam mais amena...

Luto pós Covid

Escrito por Elaine Cruz
Luto pós Covid

Todos os dias recebo inúmeros pedidos de oração por familiares de pessoas com Covid. Algum...

Mulheres, Covid e Suicídio

Escrito por Elaine Cruz
Mulheres, Covid e Suicídio

Desde o início do aparecimento global do coronavírus, a taxa de suicídios, em todo o mundo...

Namorando a Vida

Escrito por Elaine Cruz
Namorando a Vida

Namoro – parte 10 Viver não é simples. Desde o nascimento enfrentamos bullying, desaf...

Namoro no Casamento

Escrito por Mulher Cristã
Namoro no Casamento

Namoro – parte 9 Deus sempre será nosso refúgio, nossa rocha segura, nosso abrigo e segura...

Namoro, Noivado e Festa de Casament...

Escrito por Elaine Cruz
Namoro, Noivado e Festa de Casamento

Série: Namoro – parte 8 Já passei dos cinquenta anos, mas me lembro das muitas vezes em qu...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.