Adoção: Um Ato de Amor

O sonho de quase todas as mulheres é de ser mãe. Algumas recém-casadas pensam sobre o assunto ainda no noivado e planejam juntos quando vão querer um bebê. Outras, durante o casamento, descobrem que, por motivo de saúde, não podem gerar na sua concepção natural, daí recorrem a adoção. 

Ainda existem outros casais que, com um amor tão grande e único, querem aumentar a família gerando uma criança no coração. É o que chamamos de filhos adotivos. E, a partir daí, o casal entra na fila da adoção para conseguirem o tão almejado dia de conhecer o seu filho ou filha.

A espera pode demorar anos ou ser mais rápida, tudo vai depender do perfil indicado que se pretende adotar. Os processos mais ágeis são aqueles quando não há restrições de cor da pele, idade e raça. 

E enquanto esse dia não chega, os futuros papais e mamães vivem aguardando, ansiosamente, por um telefonema ou e-mail trazendo novidades! Se você tem esse desejo ou está vivendo esse momento, aproveite esse tempo para se preparar emocionalmente e financeiramente e aguardar em Deus a hora certa.

O desejo de ter um filho adotivo surgiu no coração da pastora Rachel Soares Gomes, 40 anos,  quando ainda era adolescente. Filha caçula dos pastores Jaime Soares e Luciene Soares, da Assembleia de Deus em Bonsucesso (RJ), Rachel sempre foi atuante na Obra. Nesta época, ela servia no Departamento Infantil de sua igreja e seus pais tiveram a ideia de fazer uma festa do Dia das Crianças com as crianças da igreja e as crianças sem família. 

E, assim, Rachel e a irmã Charis Soares visitaram uma instituição que cuidava dessas crianças. Ao entrar naquele lugar, o coração de Rachel queimou como nunca antes. “Ali, nasceu um sonho no coração de uma simples menina de 16 anos. Uma certeza, com a ajuda de Cristo, eu teria um filho(a) do coração. Ao chegar a casa, com o coração queimando de alegria, compartilhei o sonho com meus pais e ambos abraçaram e abençoaram esse sonho. Como foi importante aquela benção! Pais, sonhem os sonhos dos seus filhos, quando esses sonhos estão alinhados com os Sonhos de Deus! Sejam sensíveis à voz do Espírito! Ali, tão nova, meus pais me projetaram para algo maior do que eu. Aleluias”, lembrou.

Mas como ela ainda era solteira, esse sonho ficou somente guardado no coração dela. Em 2001, Rachel estava com 20 anos e conheceu o pastor Fabiano Gomes Silva, 26 anos. Na época ele tinha apenas nove meses de convertido e começaram a namorar. Durante o namoro, ela fez uma pergunta seletiva a Fabiano: “‘Qual sua visão sobre adoção?’ Ele prontamente, como novo convertido, respondeu que, quando recebemos a Jesus como Salvador, somos como filhos adotivos de Deus Pai e, por isso, a adoção para ele seria algo natural. Pronto! Ele havia passado no teste (risos). Ali, pude perceber que Deus estava não apenas unindo corações, mas propósitos. Descansei debaixo daquela palavra, certa de que Deus terminaria a boa obra para aquela chama que ainda queimava como no dia da visitação ao orfanato”, explicou. 

Quando se casaram, Fabiano tinha 27 e Rachel 22, e concordaram ter, no mínimo, dois filhos, sendo que era certo que um viria do coração. Após os primeiros cinco anos de casados, eles planejaram a maternidade e, aos 27 anos, ela gerou o primogênito, Mateus. E depois de 1 ano e 10 meses, veio o João Marcos. “Após o nascimento do João Marcos, decidimos que nosso próximo filho viria para concluir o desejo daquela menina de 16 anos”, contou.

apresentacao hellenSonho realizado
E quando João Marcos estava com 4 anos, uma amiga de Rachel que sabia do desejo do coração deles em adotar perguntou se ainda ela sonhava com a adoção. E a resposta foi rápida. “Claro que sim! Sonhava, desejava, esperava e gerava meu terceiro filho ou filha. Naquele dia, Deus em sua infinita bondade e misericórdia, confiava a nós a terceira filha, Hellen Vitória, que chegou para nossa família com 1 ano e 4 meses de vida. Seu nome Hellen significa: a que traz felicidade, a que ilumina e Vitória, vem de vitoriosa. Veja como Deus é perfeito em tudo o que faz. De fato, Hellen é e será dia após dia uma serva de Deus, vitoriosa que iluminará por onde passar com a Luz que o próprio Cristo colocou sobre ela”, disse.

A família recebeu muito bem a chegada da princesa Hellen. “Foi motivo de grande alegria para todos. Nos unimos em oração, jejum para que todo o processo pudesse acontecer da melhor forma possível. Quando falamos de adoção, não podemos deixar de lado os trâmites judiciais. Porém, quando temos a certeza que Cristo já deu Sua Palavra final, as pessoas certas aparecem em nossas vidas e, assim foi feito. Deus enviou “anjos” para nos auxiliar juridicamente e emocionalmente”, explicou Rachel.

opcao filhosAdaptação dos irmãos
Os irmãos Mateus e João Marcos já ouviam falar do terceiro filho ou filha antes mesmo da chegada de Hellen. Então, a celebração foi festejada por todos. “Eles amaram aquela linda mocinha na casa. A adaptação mais delicada foi da Hellen conosco, porém, os planos de Deus são perfeitos e, em pouco tempo, Hellen já estava totalmente adaptada ao nosso lar. Onde Cristo habita, existe paz, segurança e amor. Essa atmosfera de segurança a envolveu de uma forma sobrenatural”, disse.

É muito importante também que os pais não tenham nenhum privilégio ou diferenciação por nenhum filho (gerado ou do coração). Para a mãe Rachel, os três filhos são bem tagarelas e têm uma excelente autoestima. “Como todo filho, existe o trabalho de termos cuidados, proteção e de dar repetidas ordens até conseguirem obedecer. A convivência entre eles é normal, para uma família com três filhos. Hoje ainda vivemos os primeiros passos da maternidade. Temos dentro de casa um adolescente, um pré-adolescente e uma criança. São três fases, três necessidades distintas, porém, com Cristo, avançamos para suprir cada fase e formar três guerreiros para o Senhor Jesus. Sou muito grata a Deus pela família que Ele me deu. Na maternidade eu encontrei uma nova forma de entender o amor como mulher e experimentar o amor. Um amor sincero, sem esperar nada em troca. Posso dizer que sou uma mãe plena e realizada!”, finalizou Rachel Soares.

rachel e a filhaDe mãe para as futuras mamães
E para você que tem o desejo, mas ainda não conseguiu ser mãe, a pastora Rachel Soares deixou algumas dicas especiais: 
* Ame sem esperar nada em troca;
* Uma criança não vai preencher a lacuna de uma casa ou dar uma resposta para sociedade. Ter um filho é como ter o privilégio de formatarmos e criarmos um caminho para seu futuro;
* Quando o Senhor nos entrega os filhos, Ele mesmo nos dá sementes para colocarmos na vida deles. Precisamos ver essas sementes germinarem e crescerem. Como mãe eu digo: Precisamos lançar a flechas que são nossos filhos;
* Acima de tudo, ame os sonhos de Deus para sua vida. Assim, seremos plenamente felizes! E medite em João 3:16 “Deus deu seu Único Filho por nós...” Que venhamos entregar os nossos para Glória Dele! Viva a plenitude de Deus!”

 SAIBA MAIS... 

O processo de adoção é gratuito e a idade mínima para se habilitar é de 18 anos, independentemente do estado civil, mas é preciso respeitar a diferença de 16 anos entre quem deseja adotar e a criança a ser acolhida. Se você se interessou pelo tema Adoção, procure a Vara de Infância e Juventude mais próxima da sua residência ou acesse o site do Conselho Nacional de Justiça https://www.cnj.jus.br/programas-e-acoes/adocao/passo-a-passo-da-adocao/

Por Luciene Saviolli

Adoção: Um Ato de Amor

Escrito por Mulher Cristã
 Adoção: Um Ato de Amor

O sonho de quase todas as mulheres é de ser mãe. Algumas recém-casadas pensam sobre o assu...

Os conflitos nossos de cada dia

Escrito por Mulher Cristã
Os conflitos nossos de cada dia

Você acorda de manhã e já não encontra mais ele na cama. Levanta. Começa a se ajeitar porq...

Quando vem o positivo

Escrito por Mulher Cristã
Quando vem o positivo

O ser humano é bem engraçado. Passamos um tempo querendo algo e quando acontece temos medo...

Quando nasce o segundo filho

Escrito por Mulher Cristã
Quando nasce o segundo filho

Gerar uma nova vida. Como é especial estar grávida. Apesar dos enjôos, desconfortos e peso...

O Amor que Virou Gente

Escrito por Mulher Cristã
O Amor que Virou Gente

Você faz o exame, mas custa acreditar. POSITIVO! Mas o que eu faço agora? Conto logo para...

Uma carta para minha mãe

Escrito por Mulher Cristã
Uma carta para minha mãe

Não, você não leu errado... Esta é uma carta de uma filha para uma mãe. Talvez seja a cart...

5 dicas surpreendentes de como usar...

Escrito por Mulher Cristã
 5 dicas surpreendentes de como usar o giz branco

Não é só na escola que o giz branco tem suas finalidades. Ele também é um grande aliado de...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2022 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.