Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Respire fundo! 

A vida nos reserva momentos em que precisamos aprender a respirar fundo, buscando o ar que necessitamos para nos acalmar, enquanto colocamos os sentimentos e pensamentos em ordem para tomarmos decisões acertadas.

No momento em que estiver dirigindo, e um motorista apressado e mal educado entrar na frente do seu carro de forma irresponsável, respire fundo! Deixe que ele siga o seu caminho, não se irrite a ponto de colocar sua segurança em jogo, venda seus ímpetos e siga em frente.

Quando receber uma notícia triste de uma doença de difícil tratamento, respire fundo várias vezes! Você tem o médico dos médicos, sua vida está nas mãos de Deus, e ele sabe a hora certa de curar seu corpo e sua alma. Faça seu tratamento com seriedade, e descanse no cuidado de Deus.

Ao encontrar a casa desarrumada e bagunçada ao chegar em casa, respire fundo e se deixe acalmar antes de brigar e tentar arrumar as coisas. Beije seus filhos e conjugue, se permita relaxar um pouco debaixo de uma ducha quente, e só depois peça ajuda e organize as coisas. Não perca sua paz com coisas que podem ser arrumadas.

Há momentos em que as coisas não acontecem como desejamos e as respostas não são as que esperamos. Nestes momentos, respire fundo! Por mais frustado que esteja, você já passou por isso antes, e passará inúmeras outras vezes. Portanto, quando as coisas saírem do controle, reveja as estratégias, reconsidere suas expectativas e refaça seus planos.

Muitas vezes as pessoas não agem como deveriam, e nos prejudicam ou nos ferem. Quando isto acontecer, e você não puder convencer o outro de seus erros e escolhas, respire fundo!  Ore para que as pessoas se convençam de seus erros e acertem suas vidas, ore para que sua mágoa se dissipe, e resolva perdoar enquanto seu coração dói, para que sua alma não fique maculada. Tente conversar, mas saiba que muitas vezes o que nos resta fazer é aceitar algumas pessoas que não querem mudar o que são.

Respire fundo quando seu conjugue não respeitar seu amor, seu esforço pelo casamento, ou os votos mútuos de fidelidade conjugal. Corra pra Deus, a fonte do amor, e encha-se dele. Você vai precisar que Deus preencha suas carências, anule suas raivas e ciúmes, e destrua seu sentimento de vingança. Permanece fiel a seus votos, reencontre a chama do amor conjugal, e invista seu afeto em perdoar a pessoa com quem você divide a sua vida. Refaça sua auto estima e arrume-se mais, buscando em Deus o amor que você precisa para recompor seu amor próprio.

Se a política lhe irrita, a violência o assusta, e a crise financeira bate à sua porta, respire fundo! Não deixe de orar pelo Brasil, mas não se permita desenvolver crises de fobia que o impeçam de sair de casa e gerir sua vida. Lembre-se que Deus é o dono do ouro e da prata, que é ele quem abre portas, e que não deixará faltar o pão de cada dia para aqueles que o buscam com coração sincero.

Quando a tristeza bater à sua porta, respire fundo! Escolha ser alegre, escolha sorrir e decida aprender a viver contente como Paulo nos ensina  em Filipenses 4.12. O choro pode ser compulsivo no momento do luto, a dor da perda é dilacerante, mas a noite vai passar, e o sol vai sair e aquecer seu coração.

Respire fundo!  

elaine

 Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

A Dor da Ingratidão

Escrito por Elaine Cruz
A Dor da Ingratidão

Ingratidão dói. E dói porque reflete a não reciprocidade de afetos envolvidos, que em um p...

Patriotismo

Escrito por Elaine Cruz
Patriotismo

O último dia sete de setembro, em todo o Brasil, ficou marcado pelo patriotismo. Nosso paí...

Uma vasilha de azeite

Escrito por Elaine Cruz
Uma vasilha de azeite

Eu sou casada com filho de portugueses, que coloca azeite em pães, saladas e diversos assa...

Liberdade para escolher marido!

Escrito por Elaine Cruz
Liberdade para escolher marido!

Todos estamos acompanhando, estupefatos e tristes, a tomada do poder do regime extremista...

O Afeganistão e as muitas conversõe...

Escrito por Elaine Cruz
O Afeganistão e as muitas conversões da vida

Nos últimos dias acordamos com as notícias, em diferentes meios sociais, sobre a volta ao...

Estradas

Escrito por Elaine Cruz
Estradas

Eu gosto muito de dirigir. Tirar a carteira de motorista foi meu presente de dezoito anos,...

O que levamos da vida?

Escrito por Elaine Cruz
O que levamos da vida?

Minha mãe faleceu há pouco mais de um mês. São muitas as questões legais e burocráticas qu...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.