Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Mulheres, Covid e Suicídio

Desde o início do aparecimento global do coronavírus, a taxa de suicídios, em todo o mundo, cresceu mais de vinte e cinco porcento. Em alguns países, como o Japão, que faz um levantamento mensal sobre o número de suicídios, a taxa saltou tanto, que hoje, de cada três pessoas, uma comete suicídio.

O mais triste é que, em todos os países, o número de mulheres tentando suicídio aumentou muitíssimo. Se antes da pandemia os homens eram a maioria, durante a pandemia e no decorrer dela as mulheres enxergaram a possibilidade de acabarem com suas vidas com mais normalidade.

Sabemos que vivemos, há muitos anos, em uma cultura suicida. Vídeos, clipes musicais, filmes, documentários e seriados retratam o suicídio como uma possibilidade viável e interessante para os desiludidos ou inconformados. Por várias décadas, videos games para crianças e adolescentes pontuam e premiam aqueles que mais matam ou “eliminam" seus opositores – e o conceito aprendido é que a vida cada vez passa a valer menos ou nada!

Mesmo dentro de organismos eclesiásticos, como a igreja, temos assistido, com profundo pesar, uma cultura suicida crescente estimulada por frases como “ele quis ir mais cedo para os céus” ou “ela estava com muitas saudades de Deus”, ou ainda “A vida foi dada por Deus e podemos dispor dela para voltar para Ele”.

É triste observar como tantos distorcem a Palavra de Deus, aplicando-a nas escolhas erradas que tomam em suas vidas. O homicídio é pecado, sempre foi e sempre será, mesmo que hoje o homicídio seja classificado como eutanásia, aborto intencional ou suicídio. Recebemos a vida e não somos donos dela – só Deus tem o controle da vida e da morte!

Sabemos que a Covid tem trazido um sentimento de impotência global. Não estamos conseguindo eliminar o vírus, que se transforma em diferentes cepas, complicando a eficácia das vacinas. Por mais cuidadosos que sejamos, estamos sujeitos a ser contaminados, e muitos pastores e membros fieis têm sido ceifados por esta doença tão perigosa e letal.

Durante a pandemia que se alastra pelo mundo, muitos perderam empregos, e estão tentando sobreviver neste contexto da nova normalidade. E muitas são as famílias enlutadas, as mulheres que perderam seus filhos e sepultaram seus maridos. Contudo, ainda assim, mesmo em meio à dor, precisamos ser fortes para não nos rendermos à sedução facilitadora do suicídio, pois este implica em perda da nossa tão almejada salvação em Jesus Cristo.

Não tenho dúvida de que hordas malignas estão atuando em todo o mundo para sugestionar o suicídio como uma saída para as dores emocionais. Portanto, cuide bem dos seus filhos, cercando-os com muita atenção e amor. Cubra seu cônjuge com afeto e deixe-o saber que ele não está sozinho, mesmo no meio do desemprego ou das dívidas.

Ore e jejue pela sua família. Acorde na madrugada e imponha suas mãos sobre os membros da sua família, suplicando que Deus guarde as mentes dos ataques satânicos. E ame, abrace, beije e cerque a todos os seus com muito carinho e cuidado!

Proteja a sua mente e cuide muito bem do presente de Deus que é a sua vida. Deus só irá colher a nossa vida no tempo ideal proposto por Ele – até lá, vamos usufruí-la com sabedoria, gratidão e alegria, nos dias bons ou maus.

Deus nos dará consolo e fortaleza nos períodos difíceis, e nunca perde o controle das nossas vidas!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Onde está Wally?

Escrito por Elaine Cruz
Onde está Wally?

Nos anos noventa, o ilustrador britânico Martin Handford lançou o personagem Wally para o...

Chuvas de Outono

Escrito por Elaine Cruz
Chuvas de Outono

O outono é a estação em que a terra se refresca do verão. As temperaturas ficam mais amena...

Luto pós Covid

Escrito por Elaine Cruz
Luto pós Covid

Todos os dias recebo inúmeros pedidos de oração por familiares de pessoas com Covid. Algum...

Mulheres, Covid e Suicídio

Escrito por Elaine Cruz
Mulheres, Covid e Suicídio

Desde o início do aparecimento global do coronavírus, a taxa de suicídios, em todo o mundo...

Namorando a Vida

Escrito por Elaine Cruz
Namorando a Vida

Namoro – parte 10 Viver não é simples. Desde o nascimento enfrentamos bullying, desaf...

Namoro no Casamento

Escrito por Mulher Cristã
Namoro no Casamento

Namoro – parte 9 Deus sempre será nosso refúgio, nossa rocha segura, nosso abrigo e segura...

Namoro, Noivado e Festa de Casament...

Escrito por Elaine Cruz
Namoro, Noivado e Festa de Casamento

Série: Namoro – parte 8 Já passei dos cinquenta anos, mas me lembro das muitas vezes em qu...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.