Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Tempos de Já e Ainda Não

Para a vida emocional, especialmente para as pessoas normais, que projetam intentos e finalizam os planos abertos, nada é mais reconfortante do que poder alcançar as metas e poder dizer: concluído!

Jesus declarou isto na cruz quando, antes de expirar, afirmou que tudo estava consumado – ele havia se despido de sua glória, vivenciou a pobre humanidade, habitou entre um povo ingrato, vivenciou um período difícil da história humana, trouxe o Reino de Deus à Terra, e deixou-se morrer pelos nossos pecados pela morte mais humilhante, a morte de cruz. Na cruz ele consumou a obra redentora, orquestrada por Deus desde antes da fundação do mundo, e a partir da sua ressurreição o corpo de Jesus já era um corpo glorioso, a evidência viva da nossa ressurreição futura. 

Quando conseguimos finalizar nossos projetos, carreiras ou funções, sentimos um grande alívio, um sentimento de que chegamos no alvo perseguido. Isto pode ocorrer quando alcançamos nossa aposentadoria, concluímos o curso universitário, casamos nossos filhos ou ganhamos um processo na justiça. Podemos nos permitir desfrutar da auto realização, e uma sensação de competência nos invade, pois nada mais pode nos atrasar, nos fazer desistir ou tirar de nós nossas conquistas – sempre alcançadas pela ajuda e direção de Deus!

Por outro lado, enquanto aguardamos o resultado final, vivenciados o difícil período do e Ainda Não. E são muitas as vivências destes tempos consecutivos e indefinidos! Na vida física, já chegamos uma idade considerável, mas ainda não alcançamos a maturidade que gostaríamos. Já tomamos todos os cuidados com nossa saúde, mas ainda não podemos descartar a prática de exercícios físicos e de medicamentos. Ou já tomamos a vacina contra covid, mas ainda não estamos isentos de novas reincidências por causa das diversas mutações do coronavírus. 

Na vida profissional, já concluímos nossa faculdade, mas ainda não alcançamos o emprego dos sonhos. Já trabalhamos muito, mas ainda não chegamos ao salário almejado. Já estamos cansados, mas a aposentadoria só nos espera daqui a alguns anos! 

Na área da família, já namoramos, mas ainda não nos casamos, ou já nos casamos mas ainda não temos filhos, ou já temos filhos, mas eles ainda não estão com a vida pessoal organizada. Podemos já ter um lar, mas ainda não possuir uma casa própria. Ou já temos uma família, mas ela ainda não está completa, pois ainda esperamos e oramos pelos futuros genros, noras e netos!

Quanto à vida pessoal, podemos já ser convertidos, mas ainda não estarmos plenamente satisfeitos com a qualidade das nossas ações. Já alcançamos uma certa idade, mas muitos dos nossos sonhos ainda não se realizaram. Já mantemos nosso cuidado com a beleza ao longo da vida, mas ainda não alcançamos nossa plenitude – ao contrário, as rugas só se multiplicam com o passar dos meses!

Também na vida espiritual, já nascemos de novo, mas ainda não alcançamos a salvação final. Nossa alma já está redimida, mas ainda não atingimos a redenção do nosso corpo mortal e corruptível. Já temos a promessa dos céus, mas ainda não abraçamos definitivamente a eternidade com Deus!

Quantos momentos de Já e Ainda Não! Momentos em que nos sentimos inoperantes, em que nossa ansiedade e preocupação não podem acelerar a passagem do tempo ou a conclusão dos processos vivenciados!

Nestes momentos, sempre presentes em todas as etapas da vida, o que nos cabe fazer é não perder a condução dos processos. Precisamos permanecer firmes e focados nos alvos almejados, atentos a todos os percalços para não perdermos a plenitude da vitória almejada. Assim sendo, mantemos o cuidado com a saúde, enquanto cuidamos da família e dos filhos, permanecendo amando nosso cônjuge, ao mesmo tempo em que nos dedicamos a uma vida pessoal e espiritual mais plena e próxima de Deus.

Não podemos parar, cruzar os braços, ou desistir do esforço diário para manter nossa família unida, nosso casamento feliz, nossa profissão e nossa vida devocional abençoada. Você já conquistou o Já, e não pode desistir enquanto Ainda Não alcançou a plenitude do que espera.

Lembre-se sempre de que, com Deus, muitas de nossas metas serão alcançadas, enquanto as mais importantes estarão completas quando formos arrebatados ou morrermos com Cristo. Portanto, que façamos das palavras do salmista a nossa oração diária: Sustenta-me, segundo a tua promessa, e eu viverei; não permitas que se frustrem as minhas esperanças. (Salmos 119.116).

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

A Jornada da Maternidade

Escrito por Elaine Cruz
A Jornada da Maternidade

Qual menina já não brincou de boneca? Quem, na infância, já não se imaginou no lugar da su...

Tempos de Já e Ainda Não

Escrito por Elaine Cruz
Tempos de Já e Ainda Não

Para a vida emocional, especialmente para as pessoas normais, que projetam intentos e fina...

Hikikomori - pessoas que vivem sem...

Escrito por Elaine Cruz
Hikikomori - pessoas que vivem sem sair de seus quartos

Sabemos que estamos vivendo o momento chamado por Jesus de O princípio das dores (Mateus 2...

Onde está Wally?

Escrito por Elaine Cruz
Onde está Wally?

Nos anos noventa, o ilustrador britânico Martin Handford lançou o personagem Wally para o...

Chuvas de Outono

Escrito por Elaine Cruz
Chuvas de Outono

O outono é a estação em que a terra se refresca do verão. As temperaturas ficam mais amena...

Luto pós Covid

Escrito por Elaine Cruz
Luto pós Covid

Todos os dias recebo inúmeros pedidos de oração por familiares de pessoas com Covid. Algum...

Mulheres, Covid e Suicídio

Escrito por Elaine Cruz
Mulheres, Covid e Suicídio

Desde o início do aparecimento global do coronavírus, a taxa de suicídios, em todo o mundo...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.