Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Os seios femininos (Outubro rosa)

É impressionante como a importância do seio feminino sofreu alterações em sua significação ao longo dos séculos, passando de um órgão importante para a amamentação, a um objeto erótico tão exposto nos nossos dias.

No antigo Egito, os seios eram importantíssimos, porque havia a concepção de que era o leite materno que transmitia a raça, de tal forma que, por mais que o faraó tivesse várias esposas e amas de leite, só a mãe do herdeiro do trono podia amamentar o filho. Já no império greco-romano, as mulheres da nobreza grega usavam vestes longas, que ameaçavam cobrir os pés, mas elas amarravam suas roupas abaixo dos seios, que ficavam ao ar livre – era uma forma de ostentar status, mostrando os seios que amamentavam os filhos de sua casta nobre, ao mesmo tempo em que tentavam se aproximar da imagem das chamadas deusas gregas ou romanas, sempre retratadas com o busto desnudo.

O ensino bíblico sempre apontou para a importância da modéstia e do recato feminino. Certamente as mulheres tementes a Deus, muitas delas referenciadas na Bíblia, cobriam-se e mantinham-se com decência. Mas para o mundo secular, foi somente dois séculos antes de Cristo que as mulheres nobres voltaram a esconder seus seios.

A partir de então, assistimos uma grande reviravolta nos costumes. Até hoje há países em que, em muitas tribos, a mulher decente não precisa cobrir seus seios, que só podem ser tocados pelos filhos ou pelo esposo – onde até mesmo os médicos, se tocarem para examinar sem o consentimento do marido, recebem pena de morte! Por outro lado, especialmente no ocidente, o seio passou a ser visto como um instrumento erótico, utilizado por muitas mulheres como objeto de sedução, através de transparências, decotes e próteses gigantes de silicone!

A Bíblia relata a história de Moisés, que ao ser recolhido pela filha do faraó, acaba sendo alimentado por Joquebede, sua própria mãe: Então a filha do faraó disse à mulher: "Leve este menino e amamente-o para mim, e eu lhe pagarei por isso". A mulher levou o menino e o amamentou. Tendo o menino crescido, ela o levou à filha do faraó, que o adotou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: "Porque eu o tirei das águas". (Êxodo 2.9,10)

Nesta passagem, fica evidente a função dos seios para amamentar, motivo pelo qual eles foram desenhados por Deus. Mas há também referências belíssimas e claras sobre a importância dos seios para a vida conjugal e prazer marital: Alegre-se com a esposa da sua juventude. Gazela amorosa, corça graciosa; que os seios de sua esposa sempre o fartem de prazer, e sempre o embriaguem os carinhos dela. (Provérbios 5.18,19); Como você é linda! Como você me agrada! Ó amor, com suas delícias! Seu porte é como o da palmeira, e os seus seios como cachos de frutos. Eu disse: Subirei à palmeira; eu me apossarei dos seus frutos. Sejam os seus seios como os cachos da videira, o aroma da sua respiração como maçãs, e a sua boca como o melhor vinho… (Cantares 7.6-9)

Os textos bíblicos acima, como tantos outros, não deixam dúvidas a respeito dos seios como fonte de prazer para o casamento e a vida conjugal. Deus, sempre perfeito, sempre pensa em todos os detalhes!

Cuide, portanto, dos seus seios. Se você é solteira, que eles sejam resguardados para o seu marido e para amamentar seus futuros filhos. E se você é casada, e já passou pela fase de amamentar, louve a Deus pelo privilégio de ser mãe e, agora, siga aproveitando as delícias da vida conjugal preparadas para o seu casamento!

Neste mês de Outubro, que já é conhecido mundialmente como o mês reservado para ações relacionadas a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, do colo do útero, reserve um tempo para ir ao médico e fazer exames. O câncer de mama é o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo, e até hoje mata muitas mulheres anualmente!

Previna-se, faça o auto exame das mamas regularmente, e observe se há líquidos saindo de um dos mamilos de forma espontânea. Alimente-se bem, faça exercícios e mantenha seu peso dentro do desejável – todos estes fatores ajudam na prevenção, no tratamento e na cura!

Meu desejo é que façamos a nossa parte. E que Deus nos guarde, nos abençoe com muita saúde, e que nossos seios sejam fonte de alegria para nossos esposos e saúde para nossos filhos!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Influências culturais

Escrito por Elaine Cruz
Influências culturais

A cultura pode ser definida como toda a complexa gama de comportamentos, tradições e conhe...

Convivendo com pessoas infelizes 

Escrito por Elaine Cruz
Convivendo com pessoas infelizes 

Algumas pessoas passam a vida escolhendo a infelicidade. Foram criados em lares hostis, co...

Os seios femininos (Outubro rosa)

Escrito por Elaine Cruz
Os seios femininos (Outubro rosa)

É impressionante como a importância do seio feminino sofreu alterações em sua significação...

A ânsia de mudar o passado!?

Escrito por Elaine Cruz
A ânsia de mudar o passado!?

Hoje é o presente que temos. O passado e o futuro não nos pertencem: já vivenciamos o pass...

A Dor da Ingratidão

Escrito por Elaine Cruz
A Dor da Ingratidão

Ingratidão dói. E dói porque reflete a não reciprocidade de afetos envolvidos, que em um p...

Patriotismo

Escrito por Elaine Cruz
Patriotismo

O último dia sete de setembro, em todo o Brasil, ficou marcado pelo patriotismo. Nosso paí...

Uma vasilha de azeite

Escrito por Elaine Cruz
Uma vasilha de azeite

Eu sou casada com filho de portugueses, que coloca azeite em pães, saladas e diversos assa...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.