Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Tragédias

Deus criou o nosso planeta em um equilíbrio perfeito. Contudo, infelizmente, como resultado do pecado e de ações humanas inconsequentes, sempre somos surpreendidos por tragédias naturais.

Algumas destas tragédias ao redor do mundo incluem tsunamis, terremotos ou furacões, que devastam cidades ou ilhas inteiras. No Brasil, podemos citar algumas, como deslizamentos de terra, manchas de óleo no litoral, incêndios na Chapada dos Veadeiros e no Pantanal, rompimentos de barragens, e desabamento de encostas e alagamentos por conta de fortes chuvas, como aconteceu recentemente em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

É fácil imaginar o sentimento de impotência que acomete um chefe de família, que assiste sua casa ser inundada por águas que destroem móveis e eletrodomésticos comprados com sacrifício. Ou a dor de uma mãe que espera anos para conseguir engravidar, e perde seu filho soterrado por um desabamento de encosta. Ou ainda a memória de filhos que perdem pais e irmãos em incêndios, que destroem a memória, as fotos, os documentos, a casa e o futuro de uma família.

Muitas destas tragédias são anunciadas ao longo dos anos, pois são resultados de uma política de desmatamento ou fruto da má administração governamental. Consertos deixam de serem feitos, o escoamento das chuvas não é bem estruturado, casas são construídas em lugares errados, e obras não seguem os padrões rígidos necessários. E basta um momento para que a tragédia se estabeleça.

Na vida social não é diferente, pois muitas tragédias são anunciadas, construídas sorrateiramente ao longo dos anos: O casal que se agride verbalmente, até que um dia um cônjuge acaba ferindo o outro fisicamente. A esposa que assiste vídeos pornográficos e desenvolve uma dependência pela pornografia. O marido que começa a apostar em cavalos, e acaba perdendo todo o dinheiro da família em jogos de azar. O filho que começa roubando lápis ou dinheiro dos amigos do colégio onde estuda, que cresce sem que seus pais o discipline, e termina preso por assalto a mão armada. A menina que é estimulada a mostrar seu corpo e ensinada a rebolar sensualmente na infância, e que acaba perdendo sua moral na cidade em que vive. Os filhos que jogam videogames violentos, ou assistem filmes, lutas e seriados cheios de agressões, e que um dia espancam namoradas, filhos e até seus próprios pais.

Na vida espiritual, o mesmo acontece: o crente deixa de ir à igreja, esfria em sua leitura bíblica, sempre se envolve em divisões na igreja que frequenta, desenvolve mais amizade e afinidade com descrentes do que com irmãos de fé, e começa a criticar as doutrinas bíblicas ou a desacreditar na volta de Jesus – e sua tragédia será perder a salvação e a vida eterna.

Em momentos trágicos, que envolvem desastres naturais, devemos orar pelos que sofrem e ajudar aos necessitados, começando com os domésticos da fé. Se estivermos no meio da tormenta, é hora de acreditar no Deus que nos permitirá recomeçar, arregaçando as mangas para reconstruir o que perdemos.

Contudo, enquanto nos surpreendemos com as tragédias, precisamos avaliar nossos erros, decidir pelos acertos, e buscar a graça e direção de Deus para mudar a história trágica que estamos desdobrando em nossos atos cotidianos!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Ainda que…

Escrito por Elaine Cruz
Ainda que…

Usamos a expressão Ainda que quando criamos alternativas, especialmente quando nossas expe...

Somos influenciáveis!

Escrito por Elaine Cruz
Somos influenciáveis!

Todo ser humano é influenciável. Somos influenciados por outros desde o nascimento, que no...

Hierarquia na Família

Escrito por Elaine Cruz
Hierarquia na Família

Me preocupa muito a forma como nossa sociedade vem, de forma clara e massacrante, desconst...

Brilho Celeste

Escrito por Elaine Cruz
Brilho Celeste

Muitos pais e educadores cristãos declaram que na adolescência os filhos se desviam da igr...

"Caminhão do vô"

Escrito por Elaine Cruz
"Caminhão do vô"

Sempre agradeço a Deus pelo privilégio de nascer em um lar genuinamente evangélico. Meus p...

Fazendo acordos

Escrito por Elaine Cruz
Fazendo acordos

Não há como conviver sem regras. Temos nossas regras e acordos internos, e conviver com co...

"Cuidado olho, boca, mão e pé”...

Escrito por Elaine Cruz
"Cuidado olho, boca, mão e pé” 

Quando penso na infância, e no cuidado que preciso ter com a minha vida, algumas palavras...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2022 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.