Elaine Cruz

Elaine Cruz é psicóloga clínica e escolar, com especialização em Terapia Familiar, Dificuldades de Aprendizagem e Psicomotricidade. É mestre em Educação pela Universidade Federal Fluminense, professora universitária e possui vários trabalhos publicados e apresentados em congressos no Brasil e no exterior. Atua como terapeuta há mais de trinta anos e é conferencista internacional. É mestre em Teologia pelo Bethel Bible College (EUA) e membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil. Como escritora recebeu o 'Prêmio ABEC de Melhor Autora Nacional' e é autora dos livros “Sócios, Amigos e Amados”, “Amor e Disciplina para criar filhos felizes” e o mais recente, "Equilíbrio Emocional", todos títulos da CPAD.

Em uma próxima vez…

Minha bisavó materna nasceu na cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro. A despeito desta cidade ficar a cerca de uma hora e meia do Rio de Janeiro, e cerca de uma hora da famosa cidade litorânea de Angra dos Reis, na época em que ela viveu as estradas eram mais perigosas, e eram raras as pessoas que tinham carro. Assim sendo, vindo de uma família sem muitos recursos, minha bisavó morreu sem nunca ver o mar.

Minha bisavó, como aconteceu ao longo de muitos séculos, e com a grande maioria das pessoas, não conheceu nada além dos limites da sua cidade natal, e quando muito, duas ou três cidades vizinhas. E estava acomodada e feliz com o que já conhecia, bem resolvida socialmente com os parentes e amigos da cidade, e da igreja evangélica que frequentava.

O plano de conhecer o mar era um projeto pessoal, que ela foi protelando, ora porque era jovem e julgava ter outra oportunidade, ora porque estava adoecida e já mais velha e sem forças. E quando ela partiu, sempre que minha mãe via o mar, se lembrava que a avó nunca havia contemplado o mar, mesmo ela tendo feito inúmeros convites - que ela recusou dizendo “numa próxima vez”!

Hoje, mesmo com as facilidades de locomoção que temos, ainda há muitos que não conhecem nada além dos seus arredores. Se acomodam ao cotidiano, e são apresentadas aos lugares através de programas televisivos e filmes. Muitos ficam satisfeitos só de verem as imagens, mas há ainda aqueles que sonham visitar lugares diferentes.

Para estes que pensam em ir além de onde moram, minha palavra é: programe-se! Organize suas finanças para visitar uma irmã que mora em outro estado, ou seus filhos que moram em outro país.

Planeje visitar Israel para conhecer cidades e lugares citados na Bíblia. Volte à sua cidade natal, visitando a igreja onde você ouviu o evangelho pela primeira vez, voltando a abraçar as pessoas que discipularam você. Ou organize uma viagem romântica de lua de mel com seu conjugue para uma cidade que tem curiosidade de conhecer, dentro ou até mesmo fora do Brasil.

Faça viagens com seus filhos enquanto eles ainda são pequenos e moram com você. Aproveite para caminhar de mãos dadas mundo afora com seus adolescentes enquanto eles ainda podem e gostam de viajar em família, pois haverá um dia em que estarão envolvidos com trabalhos universitários, ou com uma vida profissional abarrotada de compromissos.

Não postergue o que você pode fazer hoje. Não abra mão de viver as bençãos de Deus, deixando tantas coisas para serem resolvidas em ocasiões futuras. Crie memórias afetivas e saudosas que aquecem o coração de quem você ama.

Planeje e organize seu tempo, as férias em Família, suas finanças e as prioridades do lar. E não fique só no planejamento, mas se for algo lícito, depois de consultar a vontade de Deus, realize!

A Bíblia afirma: “Quem observa o vento não semeará, e quem olha para as nuvens não colherá.” (Eclesiastes 11.4). Assim sendo, semeie, colha, abrace, ame, declare seu afeto, faça a viagem dos sonhos e construa memórias indeléveis.

Portanto, vá, coma com prazer a sua comida e beba o seu vinho de coração alegre, pois Deus já se agradou do que você faz. Esteja sempre vestido com roupas de festa, e unja sempre a sua cabeça com óleo. Desfrute a vida com a mulher a quem você ama, todos os dias desta vida sem sentido que Deus dá a você debaixo do sol; todos os seus dias sem sentido! Pois essa é a sua recompensa na vida pelo seu árduo trabalho debaixo do sol. O que as suas mãos tiverem que fazer, que o façam com toda a sua força, pois na sepultura, para onde você vai, não há atividade nem planejamento, não há conhecimento nem sabedoria.”‭‭ (Eclesiastes‬ ‭9‬:‭7‬-‭10‬).

Aproveite as oportunidades que Deus lhe dá de vivenciar o melhor nesta vida. Ore e programe-se para que sua próxima vez comece agora!

elaine

Elaine Cruz 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Unidade Conjugal

Escrito por Elaine Cruz
Unidade Conjugal

Na minha infância, era comum um casal ter vários filhos. Além disso, era usual que as pess...

Hospitais

Escrito por Elaine Cruz
Hospitais

Estou escrevendo este artigo em um hospital particular no Rio de Janeiro, onde estou como...

Felicidade no Trabalho

Escrito por Elaine Cruz
Felicidade no Trabalho

No primeiro dia do mês de maio, tanto no Brasil como em Portugal, nós comemoramos o dia do...

E se…?

Escrito por Elaine Cruz
E se…?

Ao viajar pelo interior de Portugal, é comum encontrarmos pequenas aldeias, com muitas par...

Lança o teu pão! 

Escrito por Elaine Cruz
Lança o teu pão! 

Estou escrevendo este artigo diretamente da cidade do Porto, em Portugal. Deste país,...

Uma palavra às solteiras

Escrito por Elaine Cruz
Uma palavra às solteiras

Embora vivamos em um mundo dito avançado, alguns países promovem casamento forçado, ainda...

Em uma próxima vez…

Escrito por Elaine Cruz
Em uma próxima vez…

Minha bisavó materna nasceu na cidade de Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro. A des...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2024 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.