Judite Maria da Silva Alves

Professora e terapeuta familiar; casada com o Pr.Ailton José Alves (presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco); mãe de três filhos (casados), e avó de quatro netos. Apresenta diariamente, há mais de dez anos, o programa “A mulher e seus desafios” pela Rede Brasil de Comunicação. Lidera o trabalho de Círculo de Oração em todo o estado de Pernambuco e coordena as atividades sociais da IEADPE, que mantém oito Centros de Desenvolvimento Integral Vida em várias comunidades carentes na Região Metropolitana do Recife, onde são atendidas mais de 4 mil crianças.

O Fruto da Boca

“Do fruto da boca de cada um se fartará o seu ventre; dos renovos dos seus lábios se fartará. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto” (Provérbios 18.20,21).

Queridos leitores, nesta passagem o escritor de Provérbios faz mais uma vez declarações muito fortes a respeito do uso das palavras. Só neste livro, existem cerca de 100 provérbios que abordam o uso apropriado e o uso impróprio da linguagem. Isso demonstra quão importante é o assunto, e como ele pode trazer consequências sérias à nossa vida.

Como acabamos de ler, as palavras aqui são comparadas a frutos, que podem ser bons ou maus. Com muita frequência, a escolha que fazemos de nossas palavras acabam determinando a qualidade da nossa vida. É exatamente isso que o sábio escritor está dizendo: “Sempre temos que comer o fruto das palavras que semeamos” (Bíblia Viva).

Jesus também empregou esta comparação ao falar das palavras, quando declarou: “...da abundância do seu coração fala a boca” (Lc 6.43-45).

Quando falamos, revelamos aquilo que ocupa nossa mente e nosso coração. Quantas vezes percebemos que uma pessoa está aborrecida, ou magoada, pelo modo como ela fala? Já vimos em Provérbios que há palavras que são como pontas de espada (12.18), mas há outras que são como favo de mel (16.24 – “Favo de mel são as palavras suaves; doces para a alma e saúde para os ossos”).

Oh, queridos, como estamos semeando com as nossas palavras? Que possamos neste momento refletir um pouco sobre o tipo de semeadura que temos feito por meio daquilo que falamos, pois com certeza, teremos de colher seus frutos. 

O v.21 ainda mostra de maneira mais impactante a seriedade do uso das palavras. Ele diz que as palavras que falamos têm poder de vida e de morte, isto é, podem abençoar ou podem amaldiçoar. O capítulo 10 de Provérbios contém muitas considerações acerca das palavras. Vejamos algumas:

v.11 – “A boca do justo é manancial de vida”;

v. 13 – “Nos lábios do sábio se acha a sabedoria”;

v. 19 – “...o que modera seus lábios é prudente”;

v. 21 – “Os lábios do justo apascentam a muitos...”

v. 32 – “Os lábios do justo sabem o que agrada...”.

Que o Senhor nos ajude, com a ajuda do querido Espírito Santo, a controlar os nossos lábios. Que possamos meditar mais acerca daquilo que vamos dizer, que possamos avaliar as consequências do nosso falar. Enfim, que sejamos responsáveis no abrir e no fechar de nossos lábios, pois se assim o fizermos, colheremos os seus bons frutos. Amém!

Judite Alves

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Vença a Autopiedade

Escrito por Judite Alves
Vença a Autopiedade

Na era em que vivemos, parece que paira no ar um pedido de ajuda por parte de pessoas dive...

A Humildade e o Orgulho nunca se re...

Escrito por Judite Alves
A Humildade e o Orgulho nunca se reconciliarão

Estive pensando nestes dias em diversas coisas relacionadas ao Reino de Deus. Jesus, falan...

No terror noturno, Jesus chega

Escrito por Judite Alves
No terror noturno, Jesus chega

Há um caminho excelente no qual quem nele adentra nunca é decepcionado ou tão pouco sucumb...

Quem é você: Cristã Autêntica ou Fi...

Escrito por Judite Alves
Quem é você: Cristã Autêntica ou Fingida?

Vivemos em uma era de muita artificialidade, em que os valores são relativizados, e é notó...

A Força do Perdão

Escrito por Judite Alves
A Força do Perdão

Na nossa jornada, sempre nos deparamos com alguém que precisa de ajuda quando o assunto é...

A Perseverança nos leva a alcançar...

Escrito por Judite Alves
A Perseverança nos leva a alcançar a promessa 

Ouvimos muito falar nos últimos dias sobre a necessidade de sermos gratos, de aproveitarmo...

A Criação nos inspira, as Escritura...

Escrito por Judite Alves
A Criação nos inspira, as Escrituras nos ensinam!

C.S Lewis escrevendo sobre o Salmo 19, disse: “considero este salmo o maior poema do salté...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.