Judite Maria da Silva Alves

Professora e terapeuta familiar; casada com o Pr.Ailton José Alves (presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco); mãe de três filhos (casados), e avó de quatro netos. Apresenta diariamente, há mais de dez anos, o programa “A mulher e seus desafios” pela Rede Brasil de Comunicação. Lidera o trabalho de Círculo de Oração em todo o estado de Pernambuco e coordena as atividades sociais da IEADPE, que mantém oito Centros de Desenvolvimento Integral Vida em várias comunidades carentes na Região Metropolitana do Recife, onde são atendidas mais de 4 mil crianças.

Contemplação está em desuso?

Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei”. Salmos 119.18

A palavra desvendar significa tirar a venda, destapar, esclarecer o que está oculto. O salmista fez um grande pedido a Deus: abre meus olhos, destapa, tira a venda para que eu contemple as maravilhas da tua lei. Que maravilha! Se todo cristão fizesse uma oração como essa, creio que nosso entendimento espiritual seria outro. 

Hoje são poucos os que praticam a contemplação. E o que é contemplação? No contexto coloquial significa admirar e pensar sobre alguma coisa. No contexto religioso significa alcançar Deus através da vivência pessoal e não, meramente, através de um processo discursivo. Parece que muitos escolheram o processo discursivo, em um contexto de ostentação e exposição. Quanto mais me exponho mais fico famoso(a). Mas, não havendo contemplação, a alma fica desnutrida, a mente se torna vazia e, concomitantemente, sem paz.

Davi praticava a contemplação. Ele é um exemplo para nós. No salmo 27.4, Davi diz: “Uma coisa pedi ao Senhor e a buscarei que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida para contemplar a formosura do Senhor e aprender no seu templo”. Você contempla a formosura de Deus? Moisés o fazia. Moisés contemplava Deus tanto na tenda do encontro, como no monte. Ele O contemplava de maneira tão profunda na beleza do Senhor que ao sair ninguém podia fitar os olhos em seu rosto porque brilhava. Sua confiança em Deus nos momentos adversos era inabalável, porque vivia uma vida de profunda contemplação, meditação e adoração.

Você tem contemplado a beleza de Deus ou só fica no discurso? A contemplação também tem o significado de adoração, não podemos contemplar sem adorá-lo. Sua beleza nos fascina. E porque tanta perda de tempo, mentes inquietas e perturbações noturnas? Falta de contemplação! Essa é a resposta.

O texto em apreço é um pedido ao Senhor: desvenda meus olhos para que eu contemple.

É de suma importância ter os olhos espirituais abertos, pelo fato de que não se tratar de olhos no sentido da visão comum, mas são os olhos da alma. Quando enxergamos assim, discernimos e não somos discernidos. O eminente apóstolo Paulo ressalta que quando os nossos olhos espirituais são desvendados, enxergamos de maneira diferente. A visão é outra. Mais que ninguém ele teve autoridade para falar, pois, passou por essa experiência de maneira contundente, seus olhos espirituais estavam vendados, mas no caminho a Damasco, em um encontro inusitado com o Eterno, tudo mudou. Não é diferente conosco, ao contemplarmos o Senhor nos rendermos a Ele e nossos objetivos são outros, nosso alvo é outro. Busquemos a sabedoria do alto que é pura e tem sua eficácia. Paulo falando aos coríntios diz: “A sabedoria que anunciamos é a sabedoria secreta de Deus, escondida dos seres humanos, a sabedoria que o próprio Deus, antes mesmo da criação do mundo, já havia escolhido para a nossa glória.” A contemplação e a sabedoria andam de mãos dadas!

Conforme 1 Coríntios 2. 8 – 10: “Nenhum dos poderes que agora governam o mundo conheceu essa sabedoria. Pois, se a tivessem conhecido, não teriam crucificado o glorioso Senhor. Porém, como dizem as Escrituras Sagradas: O que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, foi isso o que Deus preparou para aqueles que o amam. Mas, foi a nós que Deus, por meio do Espírito, revelou o seu segredo. O Espírito Santo examina tudo, até mesmo os planos mais profundos e escondidos de Deus.” 

Percebe a importância de os olhos serem abertos? Não a nossa visão física, mas a visão espiritual. Com os olhos desvendados contemplamos as maravilhas de Deus. E Ele quer que você contemple o belo, o especial, as paisagens, o Sol, a Lua e todo o Universo. Que você tenha seus olhos abertos espiritualmente para compreender a palavra de Deus e meditar nela de dia e de noite, então você será uma pessoa calma, que vivenciará grandes e indeléveis experiências com Deus. A contemplação ainda serve de remédio para a alma inquieta.

Portanto, em vez de sua contemplação está focada nos perfis das “vidas perfeitas” em redes sociais, contemple as obras de Deus e foque no Eterno.

Meu abraço no seu coração.

 Judite Alves

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

Contemplação está em desuso?

Escrito por Judite Alves
Contemplação está em desuso?

“Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei”. Salmos 119.18 A...

Seja uma mulher de coragem

Escrito por Judite Alves
Seja uma mulher de coragem

Vivemos num tempo considerado tempo do esgotamento, do medo e do cansaço, como escreveu o...

A necessidade da comparação: o mal...

Escrito por Judite Alves
A necessidade da comparação: o mal dos nossos dias

Estamos vivendo uma era de grande confusão mental em todo mundo, pelo fato de que as redes...

Um exercício eficaz: a piedade

Escrito por Judite Alves
Um exercício eficaz: a piedade

Queridas, estive pensando nestes dias e avaliando como me saí no que diz respeito ao cuida...

Você ou Deus no controle?

Escrito por Judite Alves
Você ou Deus no controle?

Mais um ano termina. Passamos os doze meses do ano de 2023 confiantes nas promessas de Deu...

O Reparador Divino

Escrito por Judite Alves
O Reparador Divino

A palavra reparar, no dicionário, é um verbo ou uma ação que significa, refazer, recompor,...

O preço de ser verdadeiro

Escrito por Judite Alves
O preço de ser verdadeiro

Ser verdadeiro. Este é um grande desafio em mundo mergulhado em notícias falsas, relaciona...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2024 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.