Deus curou a minha alma

A paz do Senhor, amadas! Sou Aline Acioli Pereira, 39 anos, sou membro há 17 anos da Igreja Assembleia de Deus da Lapa (SP), ministério do Belém, toco violino e violoncelo. Quero contar para vocês o meu testemunho de fé.

Nasci no berço evangélico, sempre cuidei dos meus pais e da minha família, nasci e cresci no quintal que os meus avós maternos construíram para os filhos e nunca vivi fora dali. Viver junto com parentes é bem difícil, porque muitas vezes não sabem separar as coisas. Depois que meus avós faleceram, minha mãe como filha mais velha para seus irmãos ficou no lugar da minha avó. Assim, eles entravam na minha casa sem bater, não podíamos fazer nada que queriam saber o que estava acontecendo e assim por diante. Minha família e eu não tínhamos mais intimidade e isso é muito ruim, porque acabava prejudicando o casamento dos meus pais, dentre outras coisas. 

Minha família também não ajudava muito, porque meu pai e minha irmã estão desviados e somente minha mãe e eu servimos a Deus. Meus pais sempre tiveram um relacionamento bem conturbado. Desde que eu nasci, assistia tudo o que era de ruim dentro da minha casa e tinha muitos traumas que fui carregando comigo, conforme ia crescendo.

Sou formada em Comércio Exterior e trabalho com Importação de Maquinário Hospitalar. Na pandemia o trabalho triplicou, tivemos que trabalhar de home office e, por isso, passei a ficar dentro de casa e naquele quintal 24 horas por dia. Eu já não estava muito bem psicologicamente por causa de todos os meus traumas e por causa do trabalho que é muito maçante, mas saía para trabalhar às 6 da manhã e voltava somente às 20h. Como só chegava à noite, não via muitos problemas ao meu redor. Porém, com a pandemia eu piorei psicologicamente, porque estava mais perto do problema e dos familiares que moravam no mesmo quintal. Além de estar trabalhando mais de 10 horas por dia, o que aconteceu? Não aguentei, comecei a surtar, não dormia mais, tive compulsão alimentar, dores de cabeça frequentes e muitos outros sintomas psicológicos. 

Chegou um dia que não aguentei mais e fui procurar ajuda. Uma querida amiga me apresentou sua psicóloga e fui marquei uma consulta com ela. Na primeira sessão, ela disse que meu caso era grave e precisava não só de tratamento terapêutico, mas também de psiquiátrico. Então, começou o meu tratamento, nada fácil no início, mas fui me adaptando e me curando aos poucos junto com muita oração. Tive que parar com as aulas que estava fazendo, porque não conseguia mais absorver nada, parei de tocar na igreja, parei com tudo, minha mente adoeceu, só estava trabalhando, porque as contas não param, não é? 

Como todo tratamento tem seus altos e baixos, chegou um dia que estava em um desses momentos baixos e já estava surtando de novo com tudo: trabalho, família e parentes, e para ajudar estava cobrindo férias. Minha psicóloga, Claudia Paes, ficou tão assustada com o meu estado que falou assim: “Ou você dá um jeito de se afastar desse ambiente em que você se encontra (ela estava falando da minha casa e do meu trabalho) ou eu vou te afastar de tudo junto com o seu psiquiatra por 30 dias, do jeito que você está agora não podemos mais esperar nem sequer um dia”. Eu disse a ela que tinha uma prima que tem uma casa na praia e que pediria a ela que me deixasse ficar lá por alguns dias.

Falei com a minha prima Giovana que foi usada por Deus e me permitiu ficar por lá. Fui no outro dia da consulta com a minha psicóloga, no dia 17 de março de 2022 e voltei dia 31 de março de 2022. Foram dias que Deus me permitiu viver e falou muito comigo, porque estava lá somente Ele e eu.

Quando voltei para casa, as coisas estavam piores, pois, eu me vi fora do problema e não queria voltar para lá, comecei a orar muito a Deus e dizer: “Deus me tire desse lugar, eu não aguento mais”. Financeiramente, nunca poderia ir para lugar nenhum, porque já ganhava pouco e na pandemia tivemos uma redução no salário então, se não fosse milagre ficaria presa ali para sempre.

aline e a familiaEu pedia a Deus e ao mesmo tempo pensava na minha família que ficaria ali, estava enlouquecendo, então a minha psicóloga me ajudou muito nesse processo, porque sempre fui provedora da minha família e nunca quis decepcioná-los. Ela me dizia: “Primeiro você tem que se curar para depois pensar nos outros”. Isso me doeu muito, mas foi preciso. Deus estava cuidando de mim. Isso foi o processo que Deus permitiu, que me enxergasse primeiro e não foi fácil.

E os dias foram passando e minhas forças indo embora, chegou um momento que eu não orava mais, só gemia, com dor na alma.

Na virada do ano sempre passo de joelhos, e na virada de 2021/2022 não pedi nada, somente agradeci e falei: “Senhor, esse ano preciso de cura interior, cura dos meus traumas e angústias, porque não aguento mais viver assim, sou tua serva e filha, não dá mais Senhor.”

E quando foi em fevereiro, fomos visitar minha tia Josefa, irmã do meu pai, mãe da minha prima Giovana (que me cedeu a casa na praia), e conversando, não sei como chegamos ao assunto, ela me disse que tinha um apartamento e perguntou se eu queria ir para lá, falei para ela que financeiramente não teria como pagar aluguel e ficamos de conversar depois. O tempo foi passando e ela sempre me mandava as fotos do apartamento que ela estava montando e se eu não queria ir morar lá, e eu sempre falava que financeiramente não podia.

Quando foi dia 9 de abril, ela me mandou as fotos do apartamento pronto e com a mensagem “te esperando”, meu coração ficou quentinho na hora e, ao mesmo tempo com medo por causa do dinheiro, e disse a ela para conversarmos sobre isso. Imprimi meus contracheques, fiz as contas e mostrei para ela a minha verdadeira situação. Ela me deixou falar e depois me disse: “você se muda e começa a me pagar o aluguel só o ano que vem, quero que você fique boa.” 

Nesse momento comecei a chorar, porque Deus havia ouvido as minhas súplicas e viu que realmente não aguentava mais e usou a minha querida prima para me abençoar, ela não é evangélica, mas acredita muito em Deus e sei que Deus vai recompensá-la por tudo o que está fazendo por mim. Deus usa quem ele quer, na hora que ele quer e nunca é do jeito que pensamos ou imaginamos. E para agradecer, tenho primeiramente Deus, a minha prima Giovana e minha prima Susana que me deu um suporte que não esperava, pois não aguentaria sozinha. São pessoas que Deus coloca em nossos caminhos para nos ajudar.

Mudei para o apartamento dia 24 de abril, precisei comprar apenas uma geladeira, um microondas e um fogão que parcelei em 24 vezes, o restante já tinha onde morava e agora estou vivendo o milagre que precisava de Deus. Ainda não acredito, porque tudo foi muito rápido e é como as coisas de Deus funcionam, e um estalar de dedos. Sei que Deus está cuidando também da minha família, mas da maneira dEle. Deus é bom e o seu amor dura para sempre.

Envie seu testemunho!

Já aconteceu algum milagre de Deus na sua vida? Que tal divulgar nesta seção que se dedica exclusivamente a anunciá-los para a glorificação do nome de Jesus. Envie-nos o seu testemunho (se possível, com foto) por e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. E no assunto não se esqueça de colocar: Testemunho. Aproveite e envie também o seu telefone para entrarmos em contato. Estamos te esperando! “Para que todos vejam e saibam e considerem e juntamente entendam que a mão do Senhor fez isso” (Is 41. 20).

*A CPAD não se compromete na publicação de todos os testemunhos. O mesmo será avaliado pela equipe responsável pelo site Mulher Cristã Hoje. A veracidade das informações é de inteira responsabilidade de seu autor.

“Não abortei o meu filho!”

Escrito por Mulher Cristã
“Não abortei o meu filho!”

A paz do Senhor irmãs. Sou Mabel da Silva Gonçalves, tenho 60 anos, sou membro da Assemble...

Cura milagrosa após oração do filho

Escrito por Mulher Cristã
Cura milagrosa após oração do filho

A paz do Senhor! Sou Claudia Lima, tenho 45 anos e um filho de 24. Moro com meus pais em L...

Eu reagi à depressão!

Escrito por Mulher Cristã
Eu reagi à depressão!

A paz do Senhor amadas! Sou Silvânia Melo Andrade, natural de Pernambuco, resido em Piabet...

Jesus fez o milagre no meu rosto!

Escrito por Mulher Cristã
Jesus fez o milagre no meu rosto!

A paz do Senhor irmãs. Sou a Jêile Tavares Vieira Schwambach, jornalista e membro da Igrej...

“Fui desenganada pelos médicos e já...

Escrito por Mulher Cristã
“Fui desenganada pelos médicos e já passei por 25 cirurgias!”

A paz do Senhor, irmãs! Sou Ivana Nayara Alves Silva, tenho 25 anos, sou membra da Igreja...

“Fui liberta das drogas e tive minh...

Escrito por Mulher Cristã
“Fui liberta das drogas e tive minha vida transformada”

A paz do Senhor, sou Fabiana Lima, 43 anos, sou casada e tenho três filhos. Sou membro da...

Através de sonho, Deus falou comigo...

Escrito por Mulher Cristã
Através de sonho, Deus falou comigo que eu teria um câncer!

A paz do Senhor a todos! Me chamo Georgia Aegerter, tenho 63 anos, sou casada com um alemã...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2024 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.