Projeto oferece atendimento psicológico e espiritual às mulheres de comunidade carente

Ajudar ao próximo a ponto de se aproximar da dor do outro, não é uma tarefa fácil para ninguém. Mas quando Deus chama para esse ministério, Ele capacita e entrega as ferramentas necessárias para esse trabalho. A irmã Marta da Conceição Marques, 60 anos, também conhecida como Marta do MAM, conhece bem isso.

Casada com Manuel Ângelo, mãe de três filhas casadas, avó de cinco netos e duas bisnetas, a irmã Marta foi nascida e criada em um lar cristão na Baixada Fluminense (RJ). Sempre tendo uma boa educação cristã, Marta era filha de compositor e os seus irmãos eram músicos. Sua vida estava muito tranquila até que, aos 15 anos, a mãe dela faleceu e dois anos depois o pai também veio a óbito. 

Aos 22 anos, ela casou e trabalhava como auxiliar de enfermagem, mas seu primeiro casamento não durou muito tempo, e aos 27 já estava separada, trabalhando e cuidando sozinha das três filhas. Neste período, ela ainda não imaginava o que Deus estava preparando para ela. 

Mas foi em 1994, quando morava em uma comunidade carente do bairro Colégio (RJ) que o seu olhar começou a ver coisas que antes não a preocupava. Marta percebia que as mulheres saíam cedo para trabalhar e não tinham com quem deixar os seus filhos, e alguns, desde muitos novos, já eram recrutados pelo tráfico. Que triste realidade! Assim, Marta passou a se aproximar dessas mulheres e a descobrir histórias tristes de violência doméstica, de criar filhos sem marido, dentre outros. Assim ela passou a reunir algumas mulheres na sua própria casa e também fazer visitas nos lares. “O meu objetivo era mudar essa triste realidade, mostrando para essas mulheres, que a vida delas poderia mudar, se elas tomassem uma atitude, e que se ficassem caladas, era consentir com a violência. Eu sempre falava: Você tem valor!”, diz Marta. 

Na época, membro da Igreja Assembleia de Deus de Colégio, ministério de Cordovil, Marta passou a se preocupar e a dar palestras sobre autoestima, dentre outros assuntos, a essas mulheres. Nesta época também liderava a União Feminina da igreja local e isso ela fez por quase 15 anos. “Tínhamos uma equipe de evangelização e visita aos lares e eu percebi que a maioria das mulheres cristãs, também tinha conflitos dentro dos seus lares e sofriam caladas”, contou. 

projeto marta e esposoEm 2006 saiu o divórcio, onde já estava separada há 17 anos, inclusive o ex-marido já tinha outra família. Mas foi em 2007 que os planos de Deus começaram a se cumprir na vida da irmã Marta, quando ela se mudou para São Gonçalo (RJ). Com a mudança, ela deixou de liderar a União Feminina e também entregou o trabalho que fazia com as mulheres da comunidade à nova liderança das mulheres e elas continuaram. 

Mas ao chegar ao novo endereço, Deus falou claramente que a obra tinha que continuar. Assim, ela passou a reunir algumas mulheres no condomínio onde morava, em uma pequena sala que, logo ficou lotada, sem haver mais espaço. “Registrei o projeto MAM (Mulheres Ajudando Mulheres), e conseguimos alugar uma casa grande com bastante espaço, onde estamos até hoje. Tudo pela fé, pois não temos apoio de nenhum órgão governamental ou patrocínio. Estamos localizados em uma rua bem movimentada, próximo a um ponto de ônibus, o que facilita recebermos mulheres de vários bairros”, explica Marta.

projeto

Os problemas eram os mais variados e chegavam quase que diariamente. A partir daí, ela viu a necessidade de fazer uma faculdade de Serviço Social. “Tudo parecia muito difícil, porém eu coloquei nas mãos de Deus e Ele me deu Vitória!”, disse. Isso porque quando ela fez a inscrição para o vestibular, teve um AVC isquêmico, onde ficou com o lado esquerdo paralisado. “Lembro que fui até a sala de aula, amparada pela minha filha caçula, mal conseguia falar meu nome. Minha filha quem me colocou na cadeira e se dirigiu até o inspetor para mostrar a minha identidade. Todos me olhavam, sem acreditar no que estavam vendo. Nesse momento senti que Deus realmente estava no controle e eu confiei Nele. Para Glória do Senhor fui aprovada e fiquei muito emocionada com a notícia. E depois de cinco anos conclui o curso e me formei aos 57 anos. Deus é fiel”, testemunha Marta.

O Projeto MAM só avança a cada ano. Com o lema: “Unidas derrubaremos gigantes e ergueremos muralhas”, a pessoa que procura o projeto, recebe aconselhamento psicológico e espiritual e, caso precise, ainda tem conselheiras para dependentes químicos e quando necessário essa pessoa é encaminhada para algum centro de recuperação. Além disso, elas podem participar de palestras, ginástica e vários cursos profissionalizantes. “Já tivemos três grandes eventos, sendo o primeiro em uma Escola Municipal com a presença de, aproximadamente, 300 mulheres. Nestes eventos temos palestras e ministrações específicas para elas. Quando há salvação, encaminhamos para as igrejas próximas. Graças a Deus temos várias mulheres que conheceram Jesus aqui e hoje estão batizadas e servindo a Deus em alguma igreja”, explica a diretora, que é membro da Igreja Assembleia de Deus no Coelho, ministério de Alcântara (RJ).aula de violao

Por causa da Pandemia causada pela Covid-19, os cursos profissionalizantes (Atendente de farmácia, RH, recepcionista hospitalar, tranças, manicure, designer de sobrancelhas) tiveram que ser paralisados, mas o Projeto continua com orações, estudo da Palavra e atendimento psicológico. Tudo gratuito, somente as alunas dos cursos profissionalizantes pagam uma taxa no valor de R$20,00, que não ajuda nem a manter o aluguel da casa. “Deus tem suprido todas as necessidades. Ele tem sido fiel!, finaliza Marta”

E se você é do Rio de Janeiro e quer conhecer mais o Projeto, pode visitar a página no Facebook.  

Por Luciene Saviolli 

Projeto oferece atendimento psicoló...

Escrito por Mulher Cristã
Projeto oferece atendimento psicológico e espiritual às mulheres de comunidade carente

Ajudar ao próximo a ponto de se aproximar da dor do outro, não é uma tarefa fácil para nin...

Mulheres Marcantes da Bíblia

Escrito por Mulher Cristã
Mulheres Marcantes da Bíblia

Na Bíblia encontramos diversas histórias de mulheres que marcaram não só a sua época, mas...

Como emagrecer com saúde?

Escrito por Mulher Cristã
Como emagrecer com saúde?

O sobrepeso e a obesidade vêm aumentando a cada dia. Dados da Organização Mundial de Saúde...

Pandemia e as mudanças na profissão

Escrito por Mulher Cristã
 Pandemia e as mudanças na profissão

Acordar antes de o Sol nascer, preparar-se para o novo dia, pegar o seu meio de transporte...

Bíblia Além do Sofrimento

Escrito por Mulher Cristã
Bíblia Além do Sofrimento

Infelizmente, não são poucas as pessoas que vivem com dores. São doenças congênitas, crôni...

Maio Laranja: entenda a importância...

Escrito por CPAD Web
Maio Laranja: entenda a importância desta luta

Já estamos no mês de maio e você já deve ter percebido nas redes sociais que várias pessoa...

7 Dicas para Ser Saudável durante a...

Escrito por Mulher Cristã
7 Dicas para Ser Saudável durante a Quarentena

Já se passaram meses e a rotina para muitos brasileiros mudou completamente. “Ficar em cas...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.