Pandemia e as mudanças na profissão

Acordar antes de o Sol nascer, preparar-se para o novo dia, pegar o seu meio de transporte, enfrentar o trânsito caótico, e levar, aproximadamente, duas horas para chegar ao trabalho é uma cena comum para você? Se sim, você é um dos milhares de brasileiros que tinham essa rotina antes da Pandemia. 

Isso porque com o isolamento social, aumentou o número de pessoas que estão trabalhando em casa. É o chamado Home Office, onde o escritório fica localizado em algum cômodo da sua casa. Praticidade? Sim, mas para alguns esse novo jeito de trabalhar pode trazer dificuldades. 

Então, podemos dizer que adaptação seria a palavra ideal para quem está trabalhando deste jeito. É necessário conciliar os horários de trabalho com o seu horário livre. E isso você só conseguirá se criar uma nova rotina e cumpri-la. Ao terminar o seu horário de trabalho é bom você criar também o horário livre, onde você dará tempo à sua família e amigos, mesmo que seja à distância. Isso é importante para refrescar a sua mente e te ajudar a refletir durante tudo que passou no seu dia de trabalho. 

Algumas pessoas estão enfrentando esse momento e contando as horas para voltar “tudo ao normal”, outras estão querendo que esse novo método remoto seja adotado de vez para sua profissão. Uma coisa é certa, enquanto a normalidade não volta, é momento de se adaptar e pensar bem sobre essa questão. 

Para a psicóloga clínica, Ester Ribeiro de Almeida, pós-graduanda em Neuropsicologia e Psicanálise contemporânea, utilizar a estratégia do Home Office foi a melhor saída. Entretanto, para aqueles que nunca tiveram contato com essa maneira de trabalhar, a dificuldade de adaptação é maior. “São essenciais planejamento e organização para ter e manter a produtividade, sem comprometer a saúde emocional. Prepare-se e tenha disciplina. Eu mesma tenho conseguido me manter produtiva, com uma excelente qualidade de atendimento remoto. No caos nascem grandes possibilidades, estratégias e oportunidades para se reinventar”, explicou.

atendimentoPara Ester, é provável que algumas empresas estejam pesquisando e monitorando os resultados do teletrabalho com estudos internos e pesquisas de satisfação aos clientes, para ver se continuam com este estilo após pandemia. Mas ainda é muito cedo para se afirmar. “Depende muito do ramo de atividade de cada empresa. Aprendemos muito nos últimos dois meses. Vimos algumas pessoas se unirem de suas casas, para manter a empresa avançando de forma nunca vista. Por exemplo, a orientação psicológica online permite que brasileiros que moram em outros países e cidades menores possam ter acesso à consultas com psicólogos experientes. Os atendimentos funcionam através de vídeo-consultas, podendo contar com o apoio de e-mail e chat. Mas é uma pena que o Brasil ainda está engatinhando nesse segmento se comparado com outros países, por exemplo, na Escócia, pacientes que sofrem de Pânico retiram a senha para realizar o atendimento psicológico online no posto de saúde. Na Austrália, Estados Unidos e Reino Unido, há evidências a favor da terapia on-line, pois são países que praticam essa modalidade a muitos anos de forma legalizada. Eu creio que estamos caminhando para essa conquista. Nesse período de pandemia, os números de atendimentos online aumentaram muito e, graças a Deus, estamos tendo sucesso nos atendimentos psicoterápicos”

Como tudo em nossa vida, existem os prós e os contras, pedimos à psicóloga Ester Almeida que listasse as vantagens e desvantagens e deixasse algumas dicas para o aperfeiçoamento deste tipo de trabalho. Confira a seguir:

VANTAGENS:
Proximidade da família, maior independência (É só acordar e ir para o trabalho no quarto ao lado); 
Redução do estresse decorrente do trânsito e nem pegar o carro, ouvir buzinas, encarar filas, procurar estacionamento, fazer baliza, correr o risco de acidentes e de ser multado;
Alimentação mais saudável. É o fim das marmitas; 
Maior liberdade profissional e redução de custos (aluguel, transporte, refeição e infraestrutura básica);
Definição do próprio horário de trabalho. Para quem gosta de dormir tarde da noite e se sente mais produtivo nesse período, fique à vontade! O relógio agora é seu amigo e não seu opressor, entre outros. 

DESVANTAGENS: 
Perda da privacidade pessoal;
Ter a família perto pode ser bom, mas também ser ruim. Ser chamado a todo instante para assuntos familiares no meio do trabalho, não é legal; 
Possibilidade de excesso de carga de trabalho. Como seu trabalho é no mesmo lugar que você vive, há o perigo de misturar as coisas e estar com a cabeça sempre no serviço ou na casa; 
Difícil sucessão, em caso de necessidade de transição. Se você adoecer ou precisar tirar umas férias, não haverá ninguém para te substituir; 
Interferência de assuntos domésticos nos assuntos profissionais “Me ajuda a consertar a TV”, “Pai, não consigo amarrar o tênis”, “Mãe, olhe meu novo brinquedo!”, entre outros. 

DICAS PARA MELHORAR O SEU HOME OFFICE 

1 - Programe-se como se fosse trabalhar presencialmente, mesmo se for do quarto para a sala. Não trabalhe de pijama. 
2 - Mantenha os horários e ritmos de trabalho. 
3 - Evite distrações. Se você tem filhos, animais de estimação ou alguém que fique sempre em casa no período em que você irá trabalhar, estabeleça limites o quanto antes. Deixe claro que apesar de você está em casa, aquele é seu local de trabalho. 
4 - Comunique-se e estabeleça interações com as pessoas que você trabalha, como seu: chefe, clientes, fornecedores, colegas de trabalho. Desse modo, lembre-os que você está ativo e permanece focado no trabalho. Informe a todos sobre tudo o que você faz. 
5 - As pausas são essenciais. Uma vez ou outra, faça alguns intervalos. Levante para caminhar, vá ao banheiro, faça um lanche, beba uma água ou um café. Essas pausas são fundamentais para espairecer as ideias, seguir com as próximas tarefas e não deixar o estresse tomar conta. 
6 - Mantenha seu local de trabalho organizado. Isso facilita sua vida e aumenta sua produtividade.
7 – Utilize o planner. Esta ferramenta servirá para você planejar a sua vida a curto, médio e longo prazo, organizando de forma produtiva a sua rotina e dando uma visão geral das suas metas, compromissos e tarefas.

Haverá bom futuro e sua esperança não será frustrada. Pv.23.11

Por Luciene Saviolli

Mulheres Marcantes da Bíblia

Escrito por Mulher Cristã
Mulheres Marcantes da Bíblia

Na Bíblia encontramos diversas histórias de mulheres que marcaram não só a sua época, mas...

Como emagrecer com saúde?

Escrito por Mulher Cristã
Como emagrecer com saúde?

O sobrepeso e a obesidade vêm aumentando a cada dia. Dados da Organização Mundial de Saúde...

Pandemia e as mudanças na profissão

Escrito por Mulher Cristã
 Pandemia e as mudanças na profissão

Acordar antes de o Sol nascer, preparar-se para o novo dia, pegar o seu meio de transporte...

Bíblia Além do Sofrimento

Escrito por Mulher Cristã
Bíblia Além do Sofrimento

Infelizmente, não são poucas as pessoas que vivem com dores. São doenças congênitas, crôni...

Maio Laranja: entenda a importância...

Escrito por CPAD Web
Maio Laranja: entenda a importância desta luta

Já estamos no mês de maio e você já deve ter percebido nas redes sociais que várias pessoa...

7 Dicas para Ser Saudável durante a...

Escrito por Mulher Cristã
7 Dicas para Ser Saudável durante a Quarentena

Já se passaram meses e a rotina para muitos brasileiros mudou completamente. “Ficar em cas...

Cada dia uma festa

Escrito por Mulher Cristã
Cada dia uma festa

Quem trabalha no Ministério com Crianças sabe como é importante trazer sempre novidades pa...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2021 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.