Lídia Dantas Costa

Lídia Dantas Costa é casada com o Pastor Wellington Júnior, atual presidente da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil. Formada em Artes Plásticas e Teologia; Pós Graduada em Terapia Familiar e de Casal; Pós Graduada em Aconselhamento. ‪Coordenadora do Departamento Feminino e Círculo de Oração da Assembleia de Deus do Belém, em Guarulhos (SP) há 23 anos. E há 15 coordena os Encontros de Casais em sua igreja. ‬ ‪Há 32 anos é professora da ED e há seis coordena o Curso de Aconselhamento Pré-Nupcial na ADB Guarulhos. Preside a ABEM –Associação Beneficente Estrela da Manhã há seis anos. Há quatro está na ministração do Curso de Aconselhamento Familiar na Faculdade Teológica de São Paulo – FAESP. Ministra palestras para Casais e Famílias e presta atendimento gratuito na ADB - Guarulhos, em Aconselhamento, Terapia Familiar e de Casal.

Temos Cristo! Temos paz!

Quem de nós já não esteve em uma situação complicada? Sim, difícil mesmo; a qual, por vezes, não podemos compartilhar com ninguém a nossa volta. E nestas circunstâncias nos esforçamos, planejamos, procuramos os melhores especialistas no assunto e nada é resolvido. Além de tudo o que tentamos para solucionar a situação, vamos orando. Podemos até pedir ajuda em oração, porém, sem explanar a necessidade que temos. Nenhuma resposta vem. Com o passar do tempo, dúvidas e questionamentos podem começar a surgir em nossa mente. Por outro lado, em nosso coração,podemos começar a nos entristecer, desanimar, amargurar e até mesmo a desacreditar que haja o que fazer por esta causa. Percebemos, então que somente o agir do Senhor nosso Deus trará a saída. Entendemos que com o Senhor está não somente a ajuda, mas a solução.

Elcana tinha duas esposas: uma chamada Ana e a outra Penina. Penina tinha filhos, porém Ana não. Quanto você imagina que Ana sofreu durante muitos anos seguidos por este motivo? Mesmo o amor de seu esposo não lhe trazia consolo. Foi humilhada e demasiadamente irritada por sua rival. Entristeceu-se. Deixou até de comer.Porém, um dia, em uma visita anual ao templo do Senhor, Ana se prostrou com amargura de alma, orou a Deus e chorou abundantemente. Fez um voto e perseverou em orar, até que o sacerdote Eli prestou atenção nela e a teve por embriagada. Contudo, Ana humildemente expôs ao sacerdote que não estava embriagada, e sim, derramando sua alma diante do Senhor.Ela orou e abriu o seu coração e a sua alma sinceramente diante de Deus.

Você pode enfrentar circunstâncias nas quais se sinta impotente, mas creia, assim como Ana creu, que a oração abre caminhos para o agir de Deus. A oração nos aproxima do Senhor, aumenta nossa intimidade e aprimora nosso relacionamento com Ele, nosso Pai bondoso e amoroso.

Quando o Senhor responde nosso clamor, de forma imediata crescemos no conhecimento de Seu poder e de Seu cuidado por nós. Quando o agir do Senhor não é no tempo que gostaríamos que fosse, mas no tempo dEle, conhecemos o poder que Ele tem de nos sustentar e nos manter. E quando o Senhor diz não ao que pedimos, Ele nos faz conhecer o seu infinito poder de consolo, conforto e fortalecimento. Independente de quando ou de que forma o Senhor responda nossa oração, é importante sabermos que Ele responde e em Suas mãos está todo o poder. O Senhor nos envia sua ajuda não porque merecemos, mas para demonstrar sua infinita misericórdia para conosco.

Que visão pessoal você tem do poder da oração? “Porque para Deus nada é impossível.” Lc 1.37. Com frequência os limites das nossas orações não são estabelecidos pelo Senhor e nem são bíblicos, mas sim colocados por nós mesmas – culpa, merecimento e pensamentos como“Deus não se importa com este meu assunto”, “isto é grande demais para eu pedir”, “isto é pequeno demais para Ele se envolver” e assim por diante. Muitas vezes limitamos nossas orações muito abaixo do que necessitamos e aquém do poder de Deus. Não temos coragem de expor tudo perante o Pai. Mas precisamos entender que orar é um grande privilégio que recebemos pela graça de nosso Senhor Jesus Cristo, então reserve um local e horário apropriados, pois seu momento com o Senhor será muito especial! Derrame seu coração verdadeiramente, honestamente, completamente. É necessário que depositemos o problema nas mãos do Senhor, largando para trás a preocupação e os pensamentos repetitivos relativos à dificuldade. Conte a Deus como você verdadeiramente se sente. Abra seu coração. Derrame sua alma e deixe seus problemas com Ele. Lançando fora a amargura do coração e lançando sobre Ele toda a sua ansiedade, porque Ele tem cuidado de você (1 Pe 5:7). No momento em que você apresentar sua necessidade diante do Senhor e perseverar, crendo que Ele tem poder para ouvir e responder, Ele o fará. Porque você sabe em quem tem crido, e está certa de que é poderoso para guardar o seu tesouro até àquele dia. (2 Tm 1. 12b).

“Então respondeu Eli: Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste.” 1Sm 1.17. O Senhor usou o sacerdote Eli e essa foi a palavra de encorajamento do Senhor para Ana. Chega o momento em que Ele responde e precisamos estar atentos à resposta do Senhor.

“E disse Ana: Ache a tua serva graça aos teus olhos. Assim a mulher foi o seu caminho, e comeu, e o seu semblante já não era triste.” 1Sm 1.18

Orar. Derramar. Perseverar. Ouvir. Entender. Crer. Confiar. Aguardar. Mas já sem tristeza no semblante. Temos Cristo! Temos paz!

Que nosso caminhar seja este: coração sem dúvidas, fardos, angústias ou amarguras. Temos Cristo e Ele nos convida a vir a Ele se estivermos cansados e oprimidos. Trocarmos com Ele o que nos sobrecarrega e cansa, pois o Seu jugo é leve e suave (Mt 11.29,30). Sempre orando. Sempre crendo. Sempre o adorando! Sempre descansando nEle. Sempre em paz!

O imensurável amor de Deus, a maravilhosa graça de nosso Senhor Jesus Cristo e o doce Espírito Santo Consolador é o que você tem a sua disposição. Sendo assim, minha querida, você pode alegrar o seu semblante, o seu coração e a sua alma, filha amada do Senhor!

Lídia Dantas Costa

 

 

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).




Pronto a ouvir! Pronto a socorrer!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Pronto a ouvir! Pronto a socorrer!

A oração faz parte de nossa vida cristã desde os primeiros passos que damos na presença de...

Chamadas para um propósito

Escrito por Lídia Dantas Costa
Chamadas para um propósito

“E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus,...

Não há outro mandamento maior do qu...

Escrito por Lídia Dantas Costa
Não há outro mandamento maior do que estes

É maravilhoso meditarmos no Deus Todo Poderoso ao qual servimos. Seu poder, domínio e maje...

A paz que excede todo o entendiment...

Escrito por Lídia Dantas Costa
A paz que excede todo o entendimento!

“E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos...

Feliz Natal com Jesus!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Feliz Natal com Jesus!

Amada irmã, quanto os dias que antecedem o Natal e envolvem suas comemorações nos fazem me...

Novo propósito

Escrito por Lídia Dantas Costa
Novo propósito

Quando em nosso encontro com Jesus Cristo temos a vida transformada e somos invadidas pelo...

Para a glória de Deus!

Escrito por Lídia Dantas Costa
Para a glória de Deus!

Ao meditarmos no imensurável amor de Deus por nós, entendemos que este amor foi tão grande...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2022 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.