Judite Maria da Silva Alves

Professora e terapeuta familiar; casada com o Pr.Ailton José Alves (presidente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco); mãe de três filhos (casados), e avó de quatro netos. Apresenta diariamente, há mais de dez anos, o programa “A mulher e seus desafios” pela Rede Brasil de Comunicação. Lidera o trabalho de Círculo de Oração em todo o estado de Pernambuco e coordena as atividades sociais da IEADPE, que mantém oito Centros de Desenvolvimento Integral Vida em várias comunidades carentes na Região Metropolitana do Recife, onde são atendidas mais de 4 mil crianças.

A necessidade da comparação: o mal dos nossos dias

Estamos vivendo uma era de grande confusão mental em todo mundo, pelo fato de que as redes sociais (não sou contra tê-las e usá-las - eu mesma as uso) preconizam uma felicidade utópica que vai desde ao que se come, até ao que se veste e como se amam.

Aqueles que dependem da afirmação dos outros para viver ou pessoas que são inseguras entram em uma crise existencial por estar em constante comparação entre sua vida e a vida dos outros. Eles acreditam que jamais alcançarão aquela “felicidade” retratada nas imagens. Infelizmente, as redes sociais intensificaram as angústias e nos fizeram perder o senso da realidade. Não reconhecemos as tristezas. As imagens são congeladas no sorriso, num recorte de um momento que durou alguns segundos.

Perceba: a maioria absoluta das postagens retratam sorrisos e momentos descontraídos. Ou quando não, mostram conquistas pessoais. As selfs povoam os perfis e há sempre um jeito de capturar o ângulo mais bonito na foto. Aqueles seguidores que não admitem frustração na vida acabam por não aceitar sua realidade e as frustrações que fazem parte do crescimento intelectual e espiritual. Mas está escrito: “Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos” (Salmo 119.71). O mundo jamais será um lugar de satisfação e felicidade constante. Pelo contrário, Jesus preveniu seus seguidores: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33). 

Li, outra vez, sobre esta triste realidade de querer viver como o outro vive no mundo virtual.  “Achamos que o mundo é uma satisfação constante, afinal, meus amigos postam fotos de cada prato de comida com tanta felicidade, publicam suas viagens, seus trabalhos excepcionais, seus belos carros importados, suas paixões avassaladoras e me fazem acreditar fielmente que eles amam melhor do que eu, se alimentam melhor do que eu, trabalham melhor do que eu, em resumo, são mais felizes do que eu sou. A internet, quando não utilizada adequadamente, se torna uma terrível fonte de ansiedade e depressão”. E em vez de navegarmos no mar da vida, naufragamos no mundo virtual.

Pare, reflita sobre você mesma e procure não se comparar com outras pessoas. Tenha o propósito de viver para agradar a Deus, como escreveu o apóstolo Paulo: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10.31). 

Seja você mesma na maravilhosa busca por agradar a Deus. Jesus será a tua felicidade!

Meu abraço!

 Judite Alves

*A CPAD não se responsabiliza pelas opiniões, ideias e conceitos emitidos nos textos publicados nesta seção, por serem de inteira responsabilidade de sua(s) autora(s).

A necessidade da comparação: o mal...

Escrito por Judite Alves
A necessidade da comparação: o mal dos nossos dias

Estamos vivendo uma era de grande confusão mental em todo mundo, pelo fato de que as redes...

Um exercício eficaz: a piedade

Escrito por Judite Alves
Um exercício eficaz: a piedade

Queridas, estive pensando nestes dias e avaliando como me saí no que diz respeito ao cuida...

Você ou Deus no controle?

Escrito por Judite Alves
Você ou Deus no controle?

Mais um ano termina. Passamos os doze meses do ano de 2023 confiantes nas promessas de Deu...

O Reparador Divino

Escrito por Judite Alves
O Reparador Divino

A palavra reparar, no dicionário, é um verbo ou uma ação que significa, refazer, recompor,...

O preço de ser verdadeiro

Escrito por Judite Alves
O preço de ser verdadeiro

Ser verdadeiro. Este é um grande desafio em mundo mergulhado em notícias falsas, relaciona...

O poder da influência 

Escrito por Judite Alves
O poder da influência 

O mundo está confuso, sem paradigmas e sem referenciais, sem firmeza e sem determinação. O...

Vitória no mundo pós moderno

Escrito por Judite Alves
Vitória no mundo pós moderno

“Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". (João 16.33)...

 

 

SOBRE


Com o objetivo de ajudar as mulheres cristãs da atualidade, a CPAD prepara um presente especial para elas: o site de conteúdos Mulher Cristã. O novo espaço feminino vem repleto de conteúdos inéditos, sempre com temas voltados para as mulheres cristãs de nossos dias.

©2024 CPAD: Av Brasil 34.401 - Bangu - Rio de Janeiro - CEP: 21852-002 - Brasil - CNPJ 33.608.332/0001-02. Designed by CPAD.